Meu Rincão

Minha terra não é de todos;
Apenas de quem a ama!
Minha terra não tem tudo;
Apenas o essencial!
Minha terra não tem pressa;
Mas, às vezes, corre!
Minha terra não é grande;
Apenas suficiente!
Minha terra é rica:
Cultura, vanguarda, tradição...
Minha terra perfeita? É, não!
É quase humana, mãe!
É mutante:
Cinzenta , estorricada,
De repente, verde, encharcada!
É sensível, persistente, alegre...
Minha terra enche-me de saudade
Sua água revigora-me
É renovação!
São, do Sabugi,
João.

PR_SJS

domingo, 26 de dezembro de 2010

Residência Médica em Mossoró-RN

====================================================== UERN E PREFEITURA DE MOSSORÓ-RN DIVULGAM EDITAL DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA ====================================================== A coordenação da Comissão de Residência Médica (COREME-UERN) divulgou edital com as normas do processo de seleção de pós-graduação em Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade da Prefeitura Municipal de Mossoró/UERN. As inscrições serão realizadas no período de 7 a 17 de janeiro de 2011. São ofertadas 9 vagas. ====================================================== A residência médica tem duração de 2.800 horas, num período de 2 anos de atividades. O requisito mínimo é a graduação em Medicina. ====================================================== ====================================================== O candidato poderá obter o edital da seleção por meio de download no endereço eletrônico facs.uern.br/medicina/residenciamedica e também no site da UERN na Internet (www.uern.br). ====================================================== O processo seletivo efetivar-se-á em 2 (duas) etapas, sendo a 1ª (primeira) etapa composta de prova escrita objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, a 2ª (segunda) etapa composta de entrevista e análise curricular, de caráter classificatório. ====================================================== ====================================================== A primeira etapa consistirá de aplicação de prova teórica e objetiva, eliminatória e classificatória, do tipo múltipla escolha, constituída de 90 (noventa) questões, em nível de graduação. Já a segunda etapa será uma entrevista e análise curricular de caráter apenas classificatório. Serão classificados para 2ª etapa os candidatos que obtiverem o mínimo de 60% (sessenta por cento) da nota da prova teórica. ====================================================== A prova escrita será aplicada dia 22 de janeiro, na Faculdade de Ciências da Saúde (FACS/UERN), localizada à rua Atirador Miguel Antônio Silva s/n-Aeroporto, Mossoró-RN e terá duração de 4 horas das 14h30 às 18h30 (horário local). ======================================================
====================================================== FONTE: http://facs.uern.br/medicina/residenciamedica/ ====================================================== ====================================================== ======================================================

G. R. E. S. Beija-Flor de Nilópolis...

====================================================== Em 2011, a Beija-Flor homenageará o REI DA JOVEM GUARDA, cujo samba-enredo fora apresentado ONTEM à noite, durante o Especial de Natal de Roberto Carlos, na Globo! ====================================================== ====================================================== Abaixo segue a letra... ====================================================== ====================================================== ====================================================== ====================================================== ======================================================

Jorginhodo Império, do G. R. E. S. IMPÉRIO SERRANO à apoteose do Samba...

======================================================
====================================================== Filho do estivador, jornaleiro e um dos maiores compositores da música popular brasileira em todos os tempos, Mano Décio, Jorge Antônio Carlos, popularmente conhecido como Jorginho do Império, nascido em 13 de Fevereiro de 1944, tem em sua longa trajetória no mundo do samba, passagens pela verde e branca de Madureira, onde deu os primeiros passos no samba. O cantor que teve carreira no início na década de 1970, tem como ídolos Martinho da Vila e Zeca Pagodinho e deixa como mensagem aos mais novos que respeitem os mais velhos. Quando jovem foi passista, cidadão do samba, presidente de ala, intérprete de samba-enredo e apresentador de rádio e TV, além de passagens por outras agremiações no carnaval do Rio e Niterói. ====================================================== O polivalente sambista conta um pouco de sua vida e origens e como trilhou do anonimato ao sucesso. Afirma que se sente o Rei do Império e revela seu lado polêmico, afirmando que se fora presidente do Império, morreria ou acabaria com a escola do coração e que os passistas da atualidade são muito diferentes do de sua época. Bom apreciador de uma boa bacalhoada e uma suculenta macarronada, o tricolor se diz cidadão do samba, não pagodeiro, além de ser um assíduo telespectador de novelas nos momentos de lazer e revela como está sendo apresentar ao lado do amigo Marcelo Pacífico o Programa Barracão do Samba na Rádio Livre AM. Confira: ====================================================== O que você traz como referência da família e suas origens? ====================================================== Sinto-me um privilegiado por ter tido uma infância luxuosa. Minha família era maravilha, fui um neto criado por avó e cercado de todos os cuidados por muitos tios. Morávamos todos juntos em casas num grande quintal na Rua Itaúba, atualmente Mano Décio da Viola, em Madureira. Fui um menino levado. As pessoas diziam que eu não passaria de certa idade, devido a minha peraltice, coisa que todo garoto tem quando criança. Estudei em escola pública. Minha origem é muito humilde e continuo assim até os dias de hoje. ====================================================== Você teve uma infância muito intensa, talvez por ter crescido no subúrbio, onde naquela época a criança tinha mais liberdade e não corria tantos riscos como hoje. Quais as brincadeiras e lembranças de amizades daquela época que o Jorginho do Império traz na memória? ====================================================== Fui um menino que não posso reclamar de ter me faltado qualquer coisa. Em relação às brincadeiras, fiz de tudo.Brinquei de rodar pião, futebol de botão, carniça, pique esconde, pique bandeira, além de ter soltado muita pipa. Ruim de bola sempre fui, não era um bom jogador, confesso!. Mas consegui ser tricampeão no melhor time de peladas que Madureira teve, o Cajueiro Futebol Clube. Como lembrança dos amigos de infância, Getúlio, Roda, Gato, Luiz, Waltir, enfim, companheiros na época da infância e juventude que trago comigo, todos guardados no coração. Das lembranças da infância, uma das mais marcantes é a pedra da cidade, que fica no alto do Morro da Serrinha. Nós subíamos pelas ruas de acesso e íamos lá pra cima avistar a cidade do Rio de Janeiro, principalmente o subúrbio. ====================================================== Por ter convivido muito próximo de grandes artistas, em especial, músicos, você acha que seu gosto pela musica veio dessa proximidade? ====================================================== Acho que cantar é um dom divinal. Tem que ter talento, jeito para a coisa, se não for por esse o caminho, não acontece. Meus primeiros passos, musicalmente falando, foi aos seis anos na Serrinha, ou melhor, na quadra do Império Serrano, apesar de meu pai conviver com muitos artistas. Ele realizava no quintal lá de casa, feijoadas e seus convidados eram: Maestro Beluzi, Risadinha, Jamelão, Escovinha, Roberto Silva, Sérgio Cabral, Cartola e Elizete Cardoso, entre outros. Durante esses encontros, quando chegava um certo momento, ele dizia que ali não era reduto de criança e nos mandava brincar. ====================================================== Dados os primeiros passos, como foi a chegada ao Império Serrano? Em que ano você desfilou pela primeira vez pela escola? ====================================================== Já nasci no Império. Mas o primeiro desfile foi em 1952 na ‘Ala do Periquitos’, formada somente por familiares e parentes dos fundadores da escola. Em 1956, foi fundada a ‘Ala da Corte’, formada basicamente por adultos, eu e Benício (mestre sala do Império Serrano e Portela), desfilávamos a frente dessa ala. ====================================================== Antes de se tornar diretor do Império Serrano, quais as funções você desempenhou? ====================================================== Em 1958 juntamente com Jamelão e Careca, formei um trio de passistas e após o Carnaval de 1959 o Jornal Última Hora publicou que o Império Serrano levou para a Avenida o ‘Trio Pelés do Samba’, e até hoje somos conhecidos dessa forma. Em 1963, fundamos a ‘Ala Sente o Drama’, a primeira ala de passo marcado em uma escola de samba, desfilamos pela primeira vez no ano seguinte, sendo campeões com “Aquarela Brasileira”. Presidi a ala durante 23 anos. ====================================================== Pelos serviços prestados a verde e branca da Serrinha, você se tornou conhecido. Isso lhe rendeu alguma premiação, além do reconhecimento de outros sambistas? ====================================================== Em 1971 a Associação das Escolas de Samba realizou um Concurso Cidadão do Samba e eu graças ao saudoso Jorge Peçanha, campeão desse concurso em 1969, conduziu o falecido Silvinho da Portela no ano seguinte e tive a felicidade dele ter também me conduzido e conquistei o título de Cidadão do Samba do Estado da Guanabara. Me sinto muito feliz porque tive na disputa o falecido Rogério Pandeiro de Ouro, Tião PV do Salgueiro e outros grandes nomes do samba. Naquela época ninguém ficava de bobeira, o segmento passista era muito valorizado, não é como hoje. Os passistas de hoje em dia, são muito diferentes. ====================================================== O já consagrado sambista em 1971, se tornara um músico profissional, como ocorreu esse início de carreira? ====================================================== Foi uma surpresa, pois meu início como músico foi com Martinho da Vila. Naquela época a rapaziada se reunia em frente à quadra do Império para bater papo e uma noite daquelas, surge um cidadão chamado Ari Dalto, que trabalhava com o Martinho e nos disse: “O Martinho está precisando de três ritmistas para tocar com ele num show em Belo Horizonte”. Fui eu, Jurandir e Miro Cinturinha. Conheci o Martinho durante esse show no final de semana, depois perdemos o contato. Tempos depois reencontrei Martinho numa tarde, quando estávamos Gibi, (falecido compositor da Mocidade) e eu na Treze de Maio, numa casa chamada Tabuleiro da Baiana, quando ouvi um chamado. Era o Martinho querendo falar comigo, me convidando para fazer parte da sua banda. ====================================================== Como aconteceu esse convite e o desenvolvimento do trabalho? ====================================================== Ele (Martinho) me disse que estava montando uma nova banda e gostaria de contar com músicos de renome no samba. Juntamente com Carlinhos Pandeiro de Ouro, Rosinha de Valença e outros, formamos a banda do Martinho. Fiquei muito feliz com o convite, aceitei e trabalhamos juntos durante cinco anos. Tive a oportunidade de conhecer outros países, evoluir como músico e foi com Martinho que comecei a cantar. ====================================================== Do músico para o cantor, como ocorreu essa transformação? ====================================================== Eu já sabia cantar. Mas quem descobriu esse dom, foi Rosinha de Valença. Após um show em Fortaleza, fomos todos a uma praia e ela me pedindo para cantar o samba “Os Cinco Bailes da História do Rio” e “Glórias e Graças da Bahia”. No dia seguinte, enquanto almoçávamos, ela sugeriu ao Martinho que me desse uma canja. A partir daí surgiram as oportunidades. ====================================================== Quando gravou seu primeiro disco? ====================================================== No ano de 1971, com a ajuda do saudoso amigo Gibi, que percorreu comigo por muitos lugares, batemos nas portas de muitas gravadoras. Conseguimos lançar esse disco com o selo da Associação das Escolas de Samba. Dormíamos pelo Centro, pois não tínhamos dinheiro para voltar no dia seguinte e correr atrás de espaço para mostrar meu trabalho. Somente em 1975, através de Tuninho e Ailton, que me levaram para a Gravadora Polydor, onde gravei meu LP e a música que foi o primeiro sucesso, chamado “Na beira do mar”. ====================================================== Durante quase quarenta anos de carreira e 24 discos gravados, qual a música de maior sucesso? A canção que o público sempre pede? ====================================================== Essa canção passou a ser a música da minha vida, a trilha sonora da minha história, “O Imperador”, devido ao carisma de meu pai, o momento da interpretação, enfim, me remete a momentos de muita emoção. Uma música gravada em 1976, que até hoje onde eu chego para cantar, sempre recebo um bilhete pedido para cantá-la. ====================================================== Uma música que você goste muito, porém não teve a oportunidade de gravá-la? ====================================================== Uma canção do Martinho da Vila, chamada “Recriando a criação”. ====================================================== Um cantor e compositor de sua preferência? ====================================================== Tanto como cantor e compositor, sempre Martinho da Vila e hoje em dia admiro pelo ser humano que se tornou Zeca Pagodinho. Pelo que vi, tendo uma vida conturbada, soube dar a volta por cima e sabe levar a vida com o que Deus lhe ofereceu, por isso eu o admiro e aproveito a oportunidade para mandar um grande abraço. São pessoas que admiro, por serem grandes artistas e estarem sempre exaltando suas agremiações, tanto a Unidos de Vila Isabel, quanto a Portela (respectivamente). ====================================================== Além das funções nos cargos de diretoria, atuou também como intérprete de sambas de enredo do Império Serrano. Em quais anos defendeu o hino do Império na Passarela do Samba e como foi essa experiência? ====================================================== Aceitei o convite do então presidente Marquinho dos Anéis e de sua vice Neide, (já falecidos), devido às necessidades da escola naquele momento. Acho que desempenhei muito bem o meu papel de cantor do samba enredo na Avenida em 1996, porque havia uma corrente que não acreditava, pelo fato de só cantar samba de meio de ano ou o chamado “samba mole”. Mas chegamos na Avenida, o coração falou mais alto e deu tudo certo e tive a chance de defender o samba da escola no ano seguinte e em 1999. ====================================================== Dentre as muitas funções já desempenhadas no Império Serrano, quando teremos Jorginho do Império presidente da verde e branca de Madureira? ====================================================== Eu não posso ser presidente do Império, porque ou eu acabo com a escola num dia, ou morro no outro, pelo fato de existir um ciclo vicioso lá dentro que sou contra. Eu me dôo por aquilo lá e vejo que algumas pessoas querem tirar vantagem. A minha relação de amor com o Império é diferente dessas pessoas. Eu vejo a agremiação de uma forma diferenciada. Deixo de trabalhar o terceiro sábado do mês por acreditar num objetivo, ver aquela quadra lotada e o Império recebendo novamente seus filhos. ====================================================== Você como diretor social na gestão passada idealizou a Feijoada Imperial, considerado o melhor evento do gênero entre os realizados pelas demais escolas. Qual o sentimento de chegar na quadra do Império e vê-la lotada pelo público prestigiando a feijoada? ====================================================== A convite do ex-presidente Humberto Soares Carneiro, assumi a vice-presidência social da escola. E a primeira medida a ser adotada na nova função, foi a criação da feijoada do Império, inspirada numa feijoada realizada na quadra da Mangueira. Vi a família mangueirense reunida e fiquei com uma inveja danada e resolvi fazer o mesmo no Império. O sentimento é de alegria e convicção de que as coisas estão acontecendo da maneira que eu penso. Quando no terceiro sábado do mês acontece o evento e coloco os pés dentro daquela quadra, a sensação é de que estou sendo coroado o “Rei do Império” e o mais gratificante é que as pessoas reconhecem essa medida adotada há alguns anos. ====================================================== Em escolas de samba, você já teve múltiplas funções. No Império Serrano você desenvolveu trabalhos em vários segmentos com brilhantismo e teve a oportunidade de prestar seus conhecimentos a outras agremiações, quais foram e que funções desempenhou? ====================================================== Tive uma passagem muito bonita pela União da Ilha, escola que mora no meu coração. Fui a convite de Beto Maia, Peixinho e fiz grandes amigos na tricolor insulana. Morei na Ilha do Governador, por isso essa proximidade grande com a escola e as pessoas da agremiação. Em 1992, atuei como diretor de harmonia da Acadêmicos da Rocinha, convidado pelo falecido Luis Carlos Batista. Tive passagem pela Acadêmicos do Cubango, onde tive a oportunidade de levar para lá o atual presidente, Olivier Luciano Oliveira, o Pelé. Em 1995, ajudei o Unidos do Porto da Pedra a se transformar na grande escola de samba que é hoje. ====================================================== Além de sambista, o Jorginho do Império é comunicador, comentarista de carnaval e apresentador de TV. Conte um pouco dessa trajetória e experiência. ====================================================== Minha trajetória como apresentador começou através da indicação de um diretor da antiga Rede OM de televisão, José Messias. Fui convidado por ele a participar de um programa, num quadro que durava cinco minutos para falar de samba. A receptividade do quadro foi tão legal, que passamos a ter dez minutos e posteriormente 30 minutos. Já na CNT (Central Nacional de Televisão), através de Benedito Senna, fui fazer uma visita a Associação das Escolas de Samba e o então presidente, Jorge Andrade, me chamou a atenção pelo fato daquele grupo ter escolas como Império Serrano, Império da Tijuca, Unidos do Cabuçu, Rocinha e Jacarezinho, entre outras, e não ter uma transmissão. Então sugeri ao Bene Senna que comprou a idéia, nos reunimos com os dirigentes da Associação, Rio Tur e fechamos a transmissão que durou três anos pela CNT, além do trabalho desenvolvido antes na primeira transmissão dos desfiles mirins pela antiga TV Educativa, atual TV Brasil, em 1991. Depois disso tive passagens por emissoras de rádio do interior do Estado e Baixada Fluminense, fui apresentador de programa na própria CNT, passei pela Rádio Carioca e atualmente apresento ao lado de Marcelo Pacífico o Barracão do Samba na Rádio Livre AM 1440 de segunda a sexta, das 15 às 17 horas. ====================================================== Depois de anos afastado dos microfones, como se deu o convite para voltar a fazer rádio e como está sendo conduzir o Barracão do Samba, desta vez dividindo a apresentação com Marcelo Pacífico? ====================================================== Procurado pelo diretor da emissora, Roberto Tavares, por ele fui convidado para fazer um programa de samba. Mas disse a ele (Roberto) que aceitaria o convite se pudesse apresentar o programa ao lado de Marcelo Pacífico. Conheci a emissora e de pronto aceitei e estreamos no Dia Nacional do Samba, 02 de Dezembro de 2009. Ao lado de uma pessoa sensacional, o Marcelo, um amigo, um profissional aplicadíssimo e competente. Possui uma voz marcante, trabalha com muita seriedade, conhece a todos no mundo do samba e acima de tudo é um cidadão que respeita a todos. ====================================================== Que mensagem o Jorginho do Império deixa para o sambista? ====================================================== Tenham muito respeito ao mais antigos, que o sambista se ame e se respeite mais. Todos têm seu espaço, não é necessário querer passar a frente dos outros, sua hora vai chegar, basta ter humildade, perseverança e sabedoria. ====================================================== FONTE: Arleson Rezende ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 12 de dezembro de 2010

A tireoide e o Coração

====================================================== ATENÇÃO: Este é um texto meramente informativo, em momento algum seu conteúdo será capaz de substituir a consulta médica!!! ====================================================== Apesar de toda a dificuldade de acesso ao serviço público de saúde, evite repetir o tratamento do amigo, vizinho, pai, mãe irmão,... Possivelmente não servirá para você! ====================================================== Pelo novo CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA, o paciente é co-partícipe do tratamento e o médico NÃO lhe poderá sonegar informações, tendo OBRIGAÇÃO de eliminar TODAS as dúvidas que o páciente tiver! ====================================================== Leia o texto que se segue, MAS NÃO DEIXE DE PROCURAR UM MÉDICO, caso julgue necessário iniciar algum tratamento! ====================================================== ====================================================== O hipertireoidísmo é uma síndrome clínica resultante dos efeitos teciduais de concentrações elevadas de hormônio tireóideano. Estas alterações podem resultar de distúrbios tireóideanos intrínsecos, da estimulação excessiva pelo hormônio estimulador da tireóide (TSH) hipofisário ou substâncias de ação semelhante (imunoglobulinas ou gonadotrofina coriônica), da liberação hormonal aumentada pela destruição do tecido tireóideano na tireioidites, da administração exógena intencional ou acidental de hormônios tireóideanos, da administração de iodo a pacientes com bócio (fenômeno de Jod-Basedow) ou da presença de tecido tireóideano ectópico (“struma ovari”). Entre todas as possíveis causas do hipertireoidismo, a doença de Graves é, sem dúvida, a mais freqüente. ====================================================== O hormônio tireóideano exerce efeitos diretos sobre o coração, aumentando as contrações da actina e miosina, aumentando o ritmo cardíaco, contractilidade e aumentando a atividade da adenil-ciclase. O hormônio triiodotironina (T3) é de extrema relevância no funcionamento do cardiomiócito. O hormônio age mediante a ligação do hormônio a receptores específicos localizados na membrana do cardiomiócito. Uma vez dentro da célula, o T3 entra no núcleo e se liga ao DNA na forma de dímeros de variados tipos. Um deles é um heterodímero composto por outro receptor hormonal do tipo esteróide, deflagrando, assim, a ativação de transcrição gênica em caráter otimizado de diversas proteínas, as quais influenciam o funcionamento do miócito cardíaco. ======================================================
====================================================== Os genes ativados pelo T3 codificam a produção de proteínas cardíacas estruturais e funcionais. Nos indivíduos normais e saudáveis as modificações estruturais dos miocitos induzidas pelo T3 pouco interferem na contratilidade cardíaca, apesar de modificar a produção da cadeia pesada da beta-mioglobina, mas a ação do hormônio se torna mais significativa em portadores de insuficiência cardíaca associada ao hipotireoidísmo. Nesses casos, a reposição do hormônio tireoidiano provoca um amumento de até onze vezes na presença da cadeia pesada do tipo alfa-mioglobina, melhorando a contratilidade miocárdica. ====================================================== O T3 é responsável pela produção da enzima ATP-ase cálcio ativada, presente no retículo sarcoplasmático (Ca++-ATP-ase), bem como da cadeia fosfolamban. Esta cadeia, por sua vez, é a responsável pelo transporte ativo do cálcio para o interior do retículosarcoplasmático. Assim, pequenas variações da concentração de tais proteínas são suficientes para alterar a função miocárdica. ====================================================== O aumento do hormônio tireóideano T3 induz a vasodilatação periférica, provocando a diminuição da resistência vascular periférica (RVP), consequentemente, os pacientes têm sudorese, expansão do volume sangüíneo, fluxo sangüíneo periférico aumentado, ritmo cardíaco rápido, aumento do débito cardíaco e aumento do consumo de oxigênio pelo miocárdio. O hormônio tireóideano tem poderosos efeitos cronotrópicos e inotrópicos positivos, conseqüentemente, a ejeção sistólica fica com até o dobro do volume, elevando a pressão sistólica, tornando o pulso rápido, o precórdio hiperdinâmico, e terceira bulha audível. Freqüentemente ouve-se um sopro de ejeção sistólica, pelo alto metabolismo e volume de sangue ejetado. ====================================================== Os efeitos cardiovasculares parecem ser devidos aos efeitos combinados do hormônio tireideano e da estimulação simpática, porém este efeito leva a aumento do consumo de oxigênio pelo miocárdio, podem causar angina pecturis e/ou insuficiência cardíaca congestiva. ====================================================== Nas pessoas idosas, a primeira, se não a única, manifestação do hipertireoidismo e a fibrilação atrial, cuja reversão ao ritmo sinusal esta condicionada ao controle do quadro tireóideano. ====================================================== Além dos sintomas cardiovasculares o hiperteroidismo se manifesta com: nervosismo, insônia, transpiração excessiva, intolerância ao calor, fadiga fácil, fraqueza muscular, perda de peso, aumento do apetite, hiperdefecação (geralmente sem diarréia), sintomas oculares. A fácies é característica, com o paciente mostrando-se agitado, inquieto, com pele quente e úmida. ====================================================== O diagnóstico diferencial se faz com os distúrbios psicossomáticos, sendo que nestes últimos a pele apresenta sudorese fria. ====================================================== Diagnóstico ====================================================== A confirmação laboratorial do hipertireoidismo é feita pela medida no soro dos níveis de triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), servindo, também, para estimar a gravidade do processo e planejamento terapêutico. TSH (hormônio estimulador da tireóide) hipofisário pode ser avaliado diretamente pela sua mensuração no soro. ====================================================== Os exames radioisotópicos de captação de iodo radioativo e mapeamento da tireóide estão indicados para avaliação funcional de bócios uni ou multinodulares ou quando há suspeita de tireoidite ou hipertireoidismo factício, quando a captação estará reduzida ou ausente, ao contrário do que ocorre nos bócios difusos tóxicos em que há aumento na captação do material radioativo. ====================================================== Tratamento ====================================================== Qualquer que seja sua etiologia, o hipertireoidismo deve ser controlado, quer como tratamento exclusivo, quer como terapêutica temporária até que a causa possa ser eliminada, o que apenas raramente e possível, como nos casos de adenoma tóxico. ====================================================== O controle medicamentoso representa, portanto, a primeira linha de ação no controle do hipertireoidismo. Do ponto de vista prático utiliza-se as tionamidas, o propranolol e o iodo como fármacos para ao controle do hipertireoidismo. ====================================================== Tratamento cirúrgico – O tratamento cirúrgico é bem seguro em mãos hábeis de cirurgiões experimentados, tem morbidade reduzida e não provoca hipotireoidismo, nem hipoparatireoidismo. Normalmente preserva-se 4 a 8 gramos de tecido tireóideano, o que minimiza a probabilidade de lesão das glândulas paratireóideanas e dos nervos recorrentes. A recidiva é de 10% dos casos. ====================================================== Iodo radioativo – em casos particulares pode se utilizar a inativação da função tireoideana com a utilização de iodo radioativo. ====================================================== FONTE: Escrito por Dr. Armando Miguel Jr, em 16/09/2010. ====================================================== Referências: Lima Neto N – Hipertireoidísmo e tireotoxicose [on line] Barisic Jr S, Barisic GFT, Markman Fo B – Cardiopatias e tireóide. Rev Bras Clin Terap 2006,32(3): 127-133 ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 5 de dezembro de 2010

Cultura Sabugiense: PR_SJS apóia!

====================================================== João Quintino, por quem tenho GRANDE ADMIRAÇÃO e RESPEITO, reuniu parte de sua produção poético-intelecto-sócio-cultural em seu mais recente livro e assim falou sobre essa obra em seu Blog Sabugilândia: ====================================================== Uma das nossas iniciativas ao longo desses 30 (trinta) anos de atividades culturais em São João do Sabugi foi a de estimular a produção poética do lugar. A poesia tem sido uma das paixões que mais nos movem, desde os tempos de adolescência. ====================================================== Em 1985, quando tínhamos 19 (dezenove) anos, realizamos o I Concurso de Poetas Sabugienses, em parceria com as educadoras Grinaura Morais e Maria Emília Medeiros. O projeto tinha por objetivo despertar o interesse pela poesia, tanto a sua produção quanto o seu deleite. Somente em 1990 a segunda edição da competição literária foi realizada, ainda sob a nossa coordenação, sendo, depois, assumida pela Secretaria Municipal de Educação. Atualmente, o concurso mantém-se vivo, coordenado pelas Secretarias Municipais de Educação e de Cultura, como resultado de um esforço pela valorização da literatura sabugiense. ====================================================== Enquanto isso, particularmente, encaminhávamos a nossa criação poética para a análise e o julgamento dos experts no assunto, participando e logrando êxito nos concursos literários da UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1984 e 1985), da Fundação José Augusto (2002 e 2003) e do Clube de Letras e Artes Potiguares (2003). Neste ano de 2010, culminamos a nossa história vinculada à poesia com o lançamento do livro “Cumpli-cidade: poemas para o meu lugar”, um hino de amor à nossa terra e à nossa gente. ====================================================== Parabéns, JQ, e muito, mas muito sucesso e realizações, BALOARTE DA CULTURA SABUGIENSE!!! ====================================================== FONTE: Escrito pelo próprio autor JQ e "pinçado" de seu Blog jqmf.blog.uol.com.br (Sabugiândia) ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 21 de novembro de 2010

Becê, Becê! 1º Clube Potiguar Campeão Brasileiro...

====================================================== ====================================================== Comemora Frasqueira, o ABC é CAMPEÃO BRASILEIRO!!! ====================================================== ====================================================== O ABC empatou com o Ituiutaba/MG em 0 a 0, e como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, conquistou o título. ====================================================== ====================================================== O Mais Querido faz história mais uma vez e conquista o título de campeão brasileiro da Série C, uma conquista inédita para o clube e para o futebol do Rio Grande do Norte. Jogando para um Frasqueirão completamente lotado, o Clube do Povo empatou com o Ituiutaba/MG em 0 a 0, e como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, gol de Cascata, levantou merecidamente o troféu. ====================================================== ====================================================== Festa nas arquibancadas e festa no gramado do Frasqueirão. Comemore Frasqueira, afinal de contas, você é CAMPEÃO BRASILEIRO! ====================================================== ====================================================== A festa tomou conta do gramado do estádio Frasqueirão logo após o apito final do árbitro Wallace Nascimento Valente. Comissão técnica e jogadores festejaram bastante o inédito título de campeão brasileiro da Série C. Um dos mais felizes e festejados, o técnico Leandro Campos, disse que esta foi uma conquista da união. ====================================================== ====================================================== “Temos que ressaltar que esta foi uma conquista de um grupo, da união. Para chegarmos até aqui foi necessário muito trabalho e a dedicação de muita gente, diretoria, jogadores, comissão técnica, funcionários, torcida, patrocinadores, enfim, todos que trabalham em prol do ABC”, declarou. ====================================================== ====================================================== Uma lição de gestão e de planejamento para os que se acham DONOS de certos clubes... ====================================================== ====================================================== O ABC FC conta com uma infra-estrutura que vai muito além do Estádio Maria Lamas Farache, o Frasqueirão, é considerado um dos mais modernos e confortáveis estádios de futebol do país. A construção iniciada em 2001, continua até hoje, em permanente ampliação. Em março de 2008 a capacidade do Frasqueirão cresceu para 18 mil expectadores, e deverá ainda ser aumentada nos próximos anos. ====================================================== ====================================================== COMPLEXO SÓCIO-ESPORTIVO VICENTE FARACHE ====================================================== ====================================================== O Complexo é composto por: ====================================================== 1 - Estádio Maria Lamas Farache ====================================================== ====================================================== 2 - CT dos profissionais Alberi Ferreira de Matos (01 campo de treinamento com arquibancada para 1,5 mil espectadores) ====================================================== 3 - Sede Social administrativa (Presidência,secretaria,auditório,sala de imprensa e sala de troféus) ====================================================== 4 -Concentração Jorge Tavares de Morais- Futebol profissional (apartamentos, refeitório, sala de musculação, sala de preleção, departamento médico e departamento de futebol) ====================================================== ====================================================== 5 - CT das bases - presidente José Nilson de Sá (02 campos de treinamento, apartamentos e refeitório). ====================================================== ====================================================== FONTE: abcfc.com.br ====================================================== ====================================================== ====================================================== ======================================================

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Nicolelis Opina: O ENEM...

====================================================== ENEM É COISA SÉRIA ====================================================== É impressionante a clareza e a lucidez do neurocientista Miguel Nicolelis. Em entrevista a Conceição Lemes, Nicolelis compara o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) ao SAT (standart admissions test) que existe desde 1901 nos EUA. ====================================================== “Só os donos de cursinhos e aqueles que não querem a democratização do acesso à universidade podem ter algo contra o Enem”, afirma, indignado. ====================================================== “Eu vi a entrevista do ministro Fernando Haddad ao Bom Dia Brasil, TV Globo. Que loucura! Como jornalistas que num dia falam de incêndio, no outro, de escola de samba, no outro, ainda, de esporte, podem se arvorar em discutir um assunto tão delicado como sistema educacional? Pior é que ainda se acham entendedores. Só no Brasil educação é discutida por comentarista esportivo!” ====================================================== Nicolelis é professor da Universidade de Duke, nos EUA, e fundador do Instituto Internacional de Neurociências de Natal, no Rio Grande do Norte. E um dos maiores neurocientista do mundo. Seguem trechos da entrevista: ====================================================== Nicolelis: Só no Brasil a educação é discutida por comentarista esportivo! ====================================================== ====================================================== ====================================================== Desde o último final de semana, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Ministério da Educação (MEC) estão sob bombardeio midiático. ====================================================== Estavam inscritos 4,6 milhões estudantes, e 3,4 milhões submeteram-se às provas. O exame foi aplicado em 1.698 cidades, 11.646 locais e 128.200 salas. Foram impressos 5 milhões de provas para o sábado e outros 5 milhões para o domingo. Ou seja, o total de inscritos mais de 10% de reserva técnica. ====================================================== No teste do sábado, ocorreram dois erros distintos. Um foi assumido pela gráfica encarregada da impressão. Na montagem, algumas provas do caderno de cor amarela tiveram questões repetidas, ou numeradas incorretamente ou que faltaram. Cálculos preliminares do MEC indicavam que essa falha tivesse afetado cerca de 2 mil alunos. Mas o balanço diário tem demonstrado, até agora, que são bem menos: aproximadamente 200. ====================================================== O outro erro, de responsabilidade do Inep, foi no cabeçalho do cartão-resposta. Por falta de revisão adequada, inverteram-se os títulos. O de Ciências da Natureza apareceu no lugar de Ciências Humanas e vice-versa. Os fiscais de sala foram orientados a pedir aos alunos que preenchessem o cartão, de acordo com a numeração de cada questão, independentemente do cabeçalho. Inep é o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais, órgão do MEC encarregado de realizar o Enem. ====================================================== “Nenhum aluno será prejudicado. Aqueles que tiveram problemas poderão fazer a prova em outra data”, tem garantido desde o início o ministro da Educação, Fernando Haddad. “Isso é possível porque o Enem aplica a teoria da resposta ao item (TRI), que permite que exames feitos em ocasiões diferentes tenham o mesmo grau de dificuldade.” ====================================================== Interesses poderosos, porém, amplificaram ENORMEMENTE os erros para destruir a credibilidade do Enem. Afinal, a nota no exame é um dos componentes utilizados em várias universidades públicas do país para aprovação de candidatos, além de servir de avaliação parabolsa do PRO-UNI. ====================================================== “Só os donos de cursinhos e aqueles que não querem a democratização do acesso à universidade podem ter algo contra o Enem”, afirma, indignado, ao Viomundo o neurocientista Miguel Nicolelis, professor da Universidade de Duke, nos EUA, e fundador do Instituto Internacional de Neurociências de Natal, no Rio Grande do Norte. “Eu vi a entrevista do ministro Fernando Haddad ao Bom Dia Brasil, TV Globo. Que loucura! Como jornalistas que num dia falam de incêndio, no outro, de escola de samba, no outro, ainda, de esporte, podem se arvorar em discutir um assunto tão delicado como sistema educacional? Pior é que ainda se acham entendedores. Só no Brasil educação é discutida por comentarista esportivo!” ====================================================== Nicolelis é um dos maiores neurocientistas do mundo. Vive há 20 anos nos Estados Unidos, onde há décadas existe o SAT (standart admissions test), que é muito parecido com o Enem. Tem três filhos. Os três já passaram pelo Enem americano. ====================================================== Viomundo — De um total de 3,4 milhões de provas aplicadas no sábado, houve problema incontornável em menos de 2 mil. Tem sentido detonar o Enem, como a mídia brasileira tem feito? E dizer que o Enem fracassou, como um ex-ministro da Educação anda alardeando? ====================================================== Miguel Nicolelis — Sinceramente, de jeito algum — nem um nem outro. O Enem é equivalente ao SAT, dos Estados Unidos. A metodologia usada nas provas é a mesma: a teoria de resposta ao item, ou TRI, que é uma tecnologia de fazer exames. O SAT foi criado em 1901. Curiosamente, em outubro de 2005, entre as milhões de provas impressas, algumas tinham problema na barra de códigos onde o teste vai ser lido. A entidade que faz o exame não conseguiu controlar, porque esses erros podem acontecer. ====================================================== Viomundo — A Universidade de Duke utiliza o SAT? ====================================================== Miguel Nicolelis — Não só a Duke, mas todas as grandes universidades americanas reconhecem o SAT. É quase um consenso nos Estados Unidos. Apenas uma minoria é contra. E o Enem, insisto, é uma adaptação do SAT, que é uma das melhores maneiras de avaliação de conhecimento do mundo. O teste é a melhor forma de avaliar uniformemente alunos submetidos a diferentes metodologias de ensino. É a saída para homogeneizar a avaliação de estudantes provenientes de um sistema federativo de educação, como o americano e o brasileiro, onde os graus de informação, os métodos, as formas como se dão, são diferentes. ====================================================== Viomundo — Qual a periodicidade do SAT? ====================================================== Miguel Nicolelis – Aqui, o exame é aplicado sete vezes por ano. O aluno, se quiser, pode fazer três, quatro, cinco, até sete, desde que, claro, pague as provas. No final, apenas a melhor é computada. Vários estudos feitos aqui já demonstraram que o SAT é altamente correlacionado à capacidade mental geral da pessoa. ====================================================== Todo ano as provas têm uma parte experimental. São questões que não contam nota para a prova. Servem apenas para testar o grau de dificuldade. Assim, a própria criançada vai ranqueando as perguntas, permitindo a ampliação do banco de questões. Outra peculiaridade do sistema americano é a forma de corrigir a prova. É desencorajado o chute. ====================================================== Viomundo — Explique melhor. ====================================================== Miguel Nicolelis — Resposta errada perde ponto, resposta em branco, não. Por isso, o aluno pensa muito antes de chutar, pois a probabilidade de ele errar é grande. Então se ele não sabe é preferível não responder do que correr o risco de responder errado. ====================================================== Viomundo – Interessante … ====================================================== Miguel Nicolelis – Na verdade, o SAT é maneira mais honesta, mais democrática de avaliar pessoas de lugares diferentes, com sistemas educacionais diferentes, para tentar padronizar o ingresso. Aqui, nos EUA, a molecada faz o exame e manda para as faculdades que quer frequentar. E as escolas decidem quem entra, quem não entra. O SAT é um dos componentes para essa avaliação. ====================================================== Viomundo — Aí tem cursinho para entrar na faculdade? ====================================================== Miguel Nicolelis — Tem para as pessoas aprenderem a fazer o exame, mas não é aquela loucura da minha época. Era cheio de cursinho para todo lugar no Brasil. Cursinho é uma máquina de fazer dinheiro. Não serve para nada a não ser para fazer o exame. Por isso ouso dizer: só os donos de cursinho e aqueles que não querem democratizar o acesso à universidade podem ter algo contra o Enem. ====================================================== Viomundo –Mas o fato de a prova ter erros é ruim. ====================================================== Miguel Nicolelis — Concordo. Mas os erros vão acontecer. Em 1978, quando fiz a Fuvest (vestibular unificado no Estado de São Paulo), teve pergunta eliminada, pois não tinha resposta. Isso acontece desde o tempo em que havia exame para admissão [ao primeiro ginasial, atualmente 5ª série do ensino fundamental) na época das cavernas (risos). Você não tem exame 100% correto o tempo inteiro. ====================================================== Então, algumas pessoas estão confundindo uma metodologia bem estudada, bastante conhecida e aceita há décadas, com problemas operacionais que acontecem em qualquer processo de impressão de milhões de documentos. Na dimensão em que aconteceram no Brasil está dentro das probabilidade de fatalidades. ====================================================== Viomundo -- Em 2009, também houve problema, lembra-se? ====================================================== Miguel Nicolelis -- No ano passado foi um furto, foi um crime. O MEC não pode ser condenado por causa de um assalto, que é uma contigência e nada tem a ver com a metodologia do teste. ====================================================== Só que, infelizmente, gerou problemas operacionais para algumas universidades, que não consideraram a nota do Enem nos seus vestibulares. Isso não quer dizer que elas não entendam ou nãoaceitam o teste. As provas do Enem são muito mais democráticas, mais racionais e mais bem-feitas do que os vestibulares de qualquer universidade brasileira. ====================================================== Eu fiz a Fuvest. Naquela época, era muito ruim. Não media nada. E, ainda assim, a gente teve de se sujeitar àquilo, para entrar na faculdade a qualquer custo. ====================================================== Viomundo -- Fez cursinho? ====================================================== Miguel Nicolelis -- Não. Eu tive o privilégio de estudar numa escola privada boa. Mas muitas pessoas que não tinham educação de alto nível eram obrigadas a recorrer ao cursinho para competir em condições de igualdade. ====================================================== Mas o cursinho não melhora o aprendizado de ninguém. Cursinho é uma técnica de aprender a maximizar a feitura do exame. É quase um efeito colateral do sistema educacional absurdo que até recentemente tínhamos no Brasil. É um arremedo. É um aborto do sistema educacional que não funciona. ====================================================== Viomundo -- Qual a sua avaliação do Enem? ====================================================== Miguel Nicolelis -- É um avanço tremendo, porque a longo prazo a repetição do Enem várias vezes por ano vai acabar com o estresse do vestibular. Você retira o estresse do vestibular. Na minha época, e isso acontece muito ainda hoje, o jovem passava os três anos esperando aquele "monstro". De tal sorte, o vestibular transformava o colegial numa câmara de tortura. Uma pressão insuportável. Um inferno tanto para os meninos e meninas quanto para as famílias. Além disso, um sistema humilhante, porque as pessoas que não podiam frequentar um colégio privado de alto nível sofriam com o complexo de não poder competir em pé de igualdade. Por isso os cursinhos floresceram e fizeram a riqueza de tanta gente, que agora está metendo o pau no Enem. Evidentemente vários interesses estão sendo contrariados devido ao êxito do Enem. ====================================================== Viomundo -- Tem muita gente pichando, mesmo. ====================================================== Miguel Nicolelis -- Todo esse pessoal que picha acha que sabe do que está falando. Só que não sabe de nada. Exame educacional não é jogo de futebol. Tem metodologia, dados, história. E olha que eu adoro futebol. Sempre que estou no Brasil, vou ao estádio para assistir ao jogos do Palmeiras [Ninguém é perfeito (rs)!] O Brasil fez muito bem em entrar no Enem. É o único jeito de acabar com esse escárnio, com essa ferida que é o vestibular . ====================================================== Viomundo — Nos EUA, não há vestibular para a universidade. O senhor acha que o Brasil seguirá essa tendência? ====================================================== Miguel Nicolelis -- Acho que sim. O importante é o seguinte. O Brasil está tentando iniciar esse processo. Quando você inicia um processo dessa magnitude, com milhões fazendo exame, é normal ter problemas operacionais de percurso, problemas operacionais. Isso faz parte do processo. ====================================================== Nos Estados Unidos, as provas já são começam a ser feitas via internet. Como o Brasil em pouco tempo está avançando rapidamente, acredito que logo teremos várias provas por ano, como aqui [nos EUA, há sete, lembram-se?], e tudo por computador. O aluno se inscreve e, num dia e hora pré-determinados, vai com a sua senha a um terminal estabelecido — terá de se estabelecer uma rede – acessa e faz a prova. Será um exame só para ele. Você elimina o risco de vazamento e economiza com a impressão de provas, que custa um dinheirão. ====================================================== Nós estamos caminhando para o Enem ser a moeda de troca da inclusão educacional. As crianças vão aprender que não é porque elas fazem cursinho famoso da Avenida Paulista que elas vão ter mais chance de entrar na universidade. Elas vão entrar na universidade pelo que elas acumularam de conhecimento ao longo da vida acadêmica delas. Elas vão poder demonstrar esse conhecimento sem estresse, sem medo, sem complexo de inferioridade. De uma maneira democrática.E, num futuro próximo, tanto as crianças de escolas privadas quanto as de escolas públicas vão começar a entrar nesse jogo em pé de igualdade. Aí, sim vai virar jogo de futebol. ====================================================== Futebol é uma das poucas coisas no Brasil em que o mérito é implacável. Joga quem sabe jogar. Perna de pau não joga. Não tem espaço. O talento se impõe instantaneamente. ====================================================== Educação tem de ser a mesma coisa. O talento e a capacidade têm de aflorar naturalmente e todas as pessoas têm de ter a chance de sentar na prova com as mesmas possibilidades. ====================================================== FONTE: Ailton Medeiros e Conceição Lemes (viomundo.com.br) ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 14 de novembro de 2010

Ufersa inicia implantação de novo curso de Medicina em Mossoró

====================================================== O reitor da Universidade Federal Rural do Semiarido, Ufersa, Josivan Barbosa, anunciou que já trabalha internamente a possível implantação o curso de medicina na instituição. ====================================================== Segundo ele, a maioria das universidades federais do país já oferece cursos tradicionais como direitos, engenharias e medicina. ====================================================== "O nosso primeiro desafio foi implantar, na Ufersa, os cursos de Direito e algumas Engenharias. O próximo desafio é passar a oferecer cursos na área da saúde, inicialmente com Nutrição e em seguida Medicina", revelou o reitor. ====================================================== Josivan Barbosa explica que os argumentos para que o curso seja viabilizado junto ao Ministério da Educação são muitos, e vão do ponto de vista científico como econômico. "Se sairmos de Mossoró até Petrolina, onde é oferecido outro curso de medicina, são mais de oitocentos quilômetros percorridos. Como um estudante carente da nossa região vai sair daqui para essa cidade estudar medicina? Sabemos que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Uern, oferece esse curso, mas o número de vagas ainda é muito insuficiente. São apenas vinte e seis vagas por ano. Ou seja, quando conseguiremos suprir a necessidade de médicos no estado, que hoje é de quase dois mil? Daí a necessidade da Ufersa passar a oferecer mais esse curso", afirma Josivan Barbosa que vai além "O interior do Rio Grande do Norte não pode esperar mais do que já esperou por cursos de medicina. Essa é uma luta de cada norteriograndense", completa. ====================================================== De acordo com o planejamento da instituição, os trabalhos e estudos para a implantação do curso de Nutrição já estão bem adiantados, e em seguida o de Medicina. "A nossa entrada na área da saúde será com o curso de Nutrição. Recentemente a Ufersa construiu vários laboratórios que servirão também para esse processo. Iniciaremos 2011 estudando o comportamento do governo que assumirá em janeiro e se sentirmos abertura iremos lutar pela implantação do curso de medicina o mais breve possível", planeja. ====================================================== De acordo com o reitor a expectativa é que sejam oferecidas cinqüenta vagas anualmente para o curso. "Será um grande momento da nossa universidade. Pretendemos abrir uma média de cinqüenta vagas anualmente. Para isso já estamos preparando toda a estrutura da Ufersa para comportar mais esses cursos. Aportar medicina vai ser importante para o estado, e bem recebido pela população, assim como pelas instâncias do Ministério da Educação", coloca. ====================================================== A notícia animou alguns estudantes que sonham em prestar vestibular para o curso de Medicina. "A expectativa é enorme. Ainda mais com esse número de vagas. Os estudantes do Rio Grande do Norte terão mais chances de chegar a ocupar uma vaga", acredita a estudante do ensino médio, Jussara Helena da Costa. ====================================================== Para Rodolfo Lima a instalação do curso na Ufersa é a possibilidade real de realizar um sonho. "Já tentei vestibular para medicina duas vezes e ainda não consegui chegar. Hoje faço enfermagem, mas quando abrir as vagas para medicina na Ufersa vou tentar novamente. Serão cinqüenta vagas, com isso as nossas chances aumentam. Quem sabe não acabo sendo aprovado e realizando o sonho da minha vida?", disse com brilho nos olhos. ====================================================== O curso de medicina da Universidade Federal Rural do Semiárido ainda não tem data definida para ser implantando, mas a previsão é que a parte burocrática seja resolvida até o final de 2011. ====================================================== FONTE: Denise Santos, Correio da Tarde ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 7 de novembro de 2010

Transformers

Montadora destaca réplica de personagem do filme ======================================================

====================================================== GM faz grande festa para o Camaro e o novo sedã Omega Depois de anunciar aos poucos o Camaro, numa estratégia de marketing para aumentar a expectativa pelo modelo, a General Motors mostrou com grande festa nesta segunda-feira (25) o muscle car que começa a ser vendido no país por R$ 185 mil. A apresentação da montadora foi a quinta neste primeiro dia do Salão do Automóvel de SP, exclusivo para a imprensa. ====================================================== A presidente da GM do Brasil, Denise Johnson, discursou no evento e afirmou que a fabricante está preparada para liderar o momento histórico que vive o mercado nacional. O plano da empresa neste ano é atingir 1 milhão de unidades somente no país. ====================================================== ====================================================== Para exemplificar a empolgação da montadora, além dos shows que acompanharam a apresentação de cada modelo, o estande da marca destaca uma réplica da unidade que é protagonista do filme "Transformers" para divulgar o superesportivo que será oferecido no Brasil inicialmente com motor V8 de 426 cavalos de potência e transmissão automática de seis velocidades. ====================================================== ====================================================== Assim como no filme, a versão do Camaro vendida aqui poderá receber faixas duplas pretas, brancas, pratas ou cinzas que podem ser combinadas com as cinco opções de cores da carroceria (amarelo, branco, prata, preto e vermelho). O visual do modelo se destaca ainda pelas rodas de alumínio de 20 polegadas, com as pinças Brembo. ====================================================== No pacote tecnológico, o esportivo conta com sistema de desligamento automático dos cilindros, que em velocidades constantes, desliga quatro dos oito cilindros para economizar combustível e controle de tração que pode ser desativado, para proporcionar uma condução mais esportiva. Para rodar por aqui, o vão livre do Camaro foi aumentado para 15,6 centímetros, pouco menos do que a do hatch Agile (16 cm). ====================================================== Omega retorna com sobrenome Fittipaldi ====================================================== A GM destaca ainda o Novo Omega brasileiro, o mesmo que começou a ser vendido na Austrália recentemente. O sedã havia deixado o mercado nacional no ano passado e retorna com visual renovado e o sobrenome Fittipaldi, em alusão ao ex-piloto de Fórmula 1. O próprio Fittipaldi fez a apresentação do veículo, que começa a ser vendido em novembro por R$ 128 mil. ====================================================== ====================================================== A carroceria ganhou novo para-choque dianteiro e entradas de ar maiores. Já sob o capô, o novo Omega traz o motor V6 3.6 litros, com 40 cavalos a mais do que a versão anterior, e o câmbio automático de seis velocidades que equipa o sedã Malibu e a versão seis cilindros do SUV Captiva. Na cabine, o destaque é a tela de LCD de 6.5 polegadas “touch screen”. ====================================================== Já a versão aventureira do Agile, apelidada de Crossport, não foi apresentada durante a coletiva porque, segundo a marca, o modelo foi desenvolvido pela área de pós-venda da GM para mostrar a possibilidade de configurações do hatch com os kit genuínos. Quem assina o modelo é a oficina especializada em personalização e customização de automóveis Batistinha Garage. ====================================================== FONTE: Escrito por Milene Rios, do G1, em São Paulo. ====================================================== ====================================================== ======================================================

Os Maias...

====================================================== Cúpula do Dinit no RN é detida por desvio de R$ 2 milhões na duplicação da BR-101 ====================================================== A Operação Via Ápia, deflagrada na manhã desta sexta-feira (5), já resultou na prisão preventiva de sete pessoas, incluindo o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) do Rio Grande do Norte, Fernando Rocha. A informação foi repassada durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (5), na sede da Polícia Federal. ====================================================== A Via Ápia foi acionada depois de flagrante da PF realizado na tarde de ontem (4), quando o diretor regional do órgão, Gledson Maia, sobrinho do deputado federal João Maia (PR), foi visto recebendo propina de R$ 50 mil de empresário, segundo informou o superintendente da PF, Marcelo Mosele, durante a coletiva. ====================================================== As acusações que recaem sobre os detidos são de superfaturamento, desvio de verbas públicas e pagamentos indevidos em obras de infra-estrutura rodoviária. Neste primeiro momento, comprovou-se o desvio de cerca de R$ 2 milhões da obra de duplicação da BR-101 no Estado, no trecho entre o município de Arez e a divisa com o estado da Paraíba, mas os policiais não descartam que, com o avançar das investigações, este valor aumente. ====================================================== FONTE: Escrito por Alderi Dantas ====================================================== ====================================================== ======================================================

PF: Operação Via Ápia... Passada a eleição, os podres RE-aparecem!

Gledson Maia foi preso quando recebia dinheiro de empresa contratada sem licitação para obra da ponte do rio Açu... ====================================================== Da Assessoria de Imprensa da Polícia Federal ====================================================== PF DEFLAGRA OPERAÇÃO VIA ÁPIA NO RN ====================================================== Uma Força Tarefa constituída pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União deflagrou na manhã desta sexta-feira,5, em Natal/RN, a OPERAÇÃO VIA ÁPIA, com o objetivo de desarticular uma quadrilha ligada ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT-RN) que promovia o desvio de recursos públicos destinados a duplicação da BR-101, no trecho entre a cidade de Arês/RN até a divisa com a Paraíba. ====================================================== As investigações começaram em maio deste ano e entre os detidos estão membros do alto escalão daquele órgão no RN, além de um funcionário responsável pela fiscalização do contrato de um dos lotes da obra. ====================================================== Com os trabalhos em conjunto foi possível a identificação das pessoas que faziam parte do esquema criminoso de superfaturamento, desvio de verbas públicas e pagamentos indevidos em obras de infra-estrutura rodoviária realizadas pelo DNIT. ====================================================== O inquérito policial que lastreou a presente operação apurou irregularidades nas obras de duplicação da BR-101-RN (lote 2), principalmente no que se relaciona a pagamentos de valores superiores ao contratado, medições adulteradas, bem como contratação viciada de aditivo para acobertar a inexecução correta da obra por parte do Consórcio construtor, em conluio com servidores do DNIT. ====================================================== Nos contratos fiscalizados pela CGU, estimou-se um prejuízo de 2 milhões de reais, valor este que poderá aumentar conforme análise das provas colhidas durante o cumprimento dos mandados de busca. ====================================================== As irregularidades praticadas entre o DNIT, o consórcio executor e a empresa supervisora, tinham por finalidade a criação de despesa não realizada para com o crédito gerado, realizar o pagamento de vantagem pecuniária indevida e promover o enriquecimento ilícito dos agentes públicos. ====================================================== As obras de duplicação da BR 101-Nordeste foram divididas em 08 lotes, ficando o de nº 02, no valor aproximado de R$ 200 (duzentos) milhões, a cargo do Consórcio de empresas contratadas. Outros aditivos acresceram cerca de 30 milhões ao valor original. ====================================================== Os servidores do DNIT facilitavam o desvio de dinheiro público durante a execução das obras contratadas, mediante auxílio às empresas no superfaturamento, alteração de qualidade e quantidade de materiais, atestação de obras não executadas, pagamentos indevidos, advertência sobre procedimentos de fiscalização dentre outras condutas. ====================================================== Já os empregados do Consórcio contratado, corrompiam os servidores do DNIT/RN visando possibilitar a prática de todo tipo de fraude na execução das obras. ====================================================== A se confirmar a indiciação dos presos, eles poderão ser incursos nos artigos 288 (Formação de Quadrilha), 312 (Peculato), 317 (Corrupção Passiva) e 333 (Corrupção Ativa) do Código Penal e ainda no artigo 92 da Lei 8.666/93 (Licitações e Contratos Administrativos) e estarão sujeitos a penas que podem chegar a 12 anos de reclusão. ====================================================== Durante as buscas foram apreendidos 10 mil dólares, 900 euros e aproximadamente 258 mil reais. ====================================================== A Operação foi deflagrada nesta sexta-feira, sendo que no dia anterior, nas dependências de um estabelecimento comercial da zona sul da capital, um servidor do DNIT/RN e um representante de uma empresa que celebrou contrato mediante dispensa de licitação com o órgão para a reparação da Ponte do Rio Açu, foram presos em flagrante e indiciados por corrupção ativa e passiva. Com os acusados, a PF apreendeu 50 mil reais que estavam acondicionados numa maleta. ====================================================== Foram cumpridos nove Mandados de Buscas (08 no RN e 1 em PE), um Mandado de Condução Coercitiva e seis Prisões Temporárias. Participaram da OPERAÇÃO VIA ÁPIA, cerca de 50 Policiais Federais e 06 Auditores CGU. ====================================================== O batismo da operação é alusivo a uma das principais estradas da antiga Roma. ====================================================== FONTE: Escrito por Alderi Dantas ====================================================== ====================================================== ======================================================

domingo, 31 de outubro de 2010

HISTÓRIA

======================================================
DILMA é a Primeira mulher a comandar o Brasil!!!
====================================================== Mais de 93% dos votos apurados: 55,5% para Dilma e 44,5% para Serra (Votos válidos); faltam apurar 9.200.000 votos e a diferença é de pouco mais de 10.000.000! ====================================================== ====================================================== Serraram o poleiro do ninho tucano: depois de das derrotas de Arthur Virgílio (PSDB-AM) e de Tasso Jereissati (PSDB-CE) Serra e o PSDB foram mais uma vez derrotados por um(a) candidato(a) "inexperiente", com "curriculum fraco", que nuca foi Prefeito/Governador/Deputado/Senador... ====================================================== E agora, José (Serra)? ====================================================== A campanha acabou ====================================================== A derrota chegou ====================================================== A pesquisa se confirmou: ====================================================== Você PERDEU!!! ====================================================== E agora, José (Serra)? ====================================================== José que foi Prefeito, ====================================================== Governador, ====================================================== Deputado, ====================================================== Ministro ====================================================== E Senador... ====================================================== Você renunciou, renunciou... ====================================================== E nada mais é! ====================================================== E agora, José (Serra)? ====================================================== Você que flertou com a(s) Igreja(s) ====================================================== Você que ergueu, do anti-aborto, a bandeira ====================================================== E aparece nos debates SEM aliança ====================================================== E, levianamente, feriu a Guerreira! ====================================================== Você que foi o mais beneficiado pelo crescimento da força do Norte... ====================================================== Você caiu! ====================================================== Mas sua estrada não acabou: ====================================================== Levante-se, reflita, mude! ====================================================== Mude o que há de ruim nos que o cercam; ====================================================== Intensifique suas virtudes... ====================================================== Siiim, sei que elas existem! ====================================================== Você é um grande político ====================================================== E o Brasil precisa de você! ====================================================== Será uma oposição responsável? ====================================================== Ou retirar-se-á ao ostracismo? ====================================================== E agora, José? ====================================================== E agora, José (Serra)??? ====================================================== ====================================================== ======================================================